Homem morre ao fazer algo com a namorada que muita gente também faz, todo cuidado é pouco

Notícias
Tunay Antunes Pedroso, de 30 anos, foi encontrado por bombeiros na manhã de quinta-feira (16) e, depois, reconhecido por parentes.

O modelo era formado em Educação Física e veio de Santa Catarina para o Rio há cerca de um ano com a namorada.“Eu me sinto perdida. Não sei nem respirar sem ele. Passávamos praticamente 24 horas juntos, mas Deus sabe de todas as coisas”

O corpo do modelo saiu do Rio de Janeiro na noite de quinta-feira (16) e deve chegar nesta sexta-feira (17) em Tubarão para a cerimônia de despedida. Segundo a família, o trâmite para liberação na funerária foi muito burocrático e o trajeto – com mais de 1,2 mil quilômetros – é feito de carro e deve demorar cerca de 20 horas.
O corpo estava perto da Prainha, na mesma região do Mirante do Roncador, onde Tunay estava quando uma onda o arrastou.
Tunay desapareceu quando estava pescando com a namorada no Mirante do Roncador, em Grumari, e foram atingidos por uma onda. A jovem conseguiu sobreviver se segurando às pedras, mas o homem foi arrastado para o mar.
“Estávamos pescando, o mar estava bravo, mas estávamos longe, mas veio uma onda enorme e derrubou ele. Estávamos pescando na praia, e ele pediu para ir para a pedra. Eu só queria ele de volta”, disse Joci.
Tunay era natural da cidade de Tubarão, em Santa Catarina, mas morava no Rio de Janeiro há um ano.
Além de trabalhos como modelo, ele era formado em radiologia médica e concluiu uma graduação em educação física no final do ano passado.
Apaixonado por esportes, em suas redes sociais é possível vê-lo praticando mergulho, corrida e motociclismo.